Início Destaque Suspeito de matar ex-namorada grávida é investigado por racismoApós ser preso, Victor...

Suspeito de matar ex-namorada grávida é investigado por racismo
Após ser preso, Victor confessou que não aceitava o filho que Karine estava esperando.

231
Suspeito de matar ex-namorada grávida é investigado por racismo
Foto: reprodução

Victor de Souza Rocha, 21, suspeito de matar sua ex-namorada, Karine Sevalho Lima,19, revelou para pessoas próximas que matou a ex-namorada porque a criança poderia nascer negra. O corpo da jovem foi encontrado no dia 26 de maio de 2022, em uma área de mata no bairro Lago Azul, zona norte de Manaus.

Após ser preso, Victor confessou que não aceitava o filho que Karine estava esperando. Ele também disse que não queria ter um filho negro.

“O Vitor namorava com a Karine que estava grávida de sete meses. Ela passou esses sete meses sendo ameaçada a fazer um aborto porque ele não aceitava o filho. No último dia que ela foi vista, ela foi ao encontro do Vitor para contar que toda sua família já tava sabendo do bebê, da paternidade e que ela iria sim ter a criança. O Vitor possivelmente não aceitou e naquele momento de raiva, de ódio, acabou cometendo esse crime”, disse o delegado Ricardo Cunha, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

O delegado explicou que o possível caso de racismo também vai ser investigado.

“Temos informações que o Vitor falava para pessoas mais próximas de que ele não aceitaria ser pai de uma criança negra. A jovem Karine tinha traços de ser uma pessoa negra. Ainda temos essa questão do racismo a ser investigado. Relatos de pessoas próximas do casal que falaram que o Vitor não aceitava ter um filho negro”, disse Cunha.

A jovem foi encontrada com o rosto desfigurado e várias marcas de agressão pelo corpo.

Victor de Souza Rocha está preso à disposição da Justiça. Ele pode ser indiciado por homicídio qualificado e racismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui