Início Cidade TST decreta fim da profissão de cobrador e deixa rodoviários preocupados em...

TST decreta fim da profissão de cobrador e deixa rodoviários preocupados em Manaus
Desemprego

187
0

O Sindicato dos Rodoviários do Amazonas está de orelha em pé, após o Tribunal Superior do Trabalho (TST), decidir que a função de cobrador não é mais essencial dentro dos ônibus em Manaus. Durante a semana eles até ameaçaram um greve, que não se consolidou. Mas a expectativa é de que milhares de pais e mães fiquem sem emprego no fim de ano, em plena pandemia. São aproximadamente 4 mil trabalhadores nesta profissão em Manaus

A decisão do processo nº TST-RR-101631-92.2016.5.01.0221, fez a alegria dos empresários, que poderão colocar motoristas para dirigir e cobrar a passagem. “Estamos conversando com os nossos advogados para ver o que fazer”, disse o presidente interino dos Rodoviários, Josenildo Mossoró.

Agora é esperar os próximos passos, tanto dos rodoviários, quanto dos empresários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui