Início Policial Vendedora de bolos é morta pela PM na frente do filho de...

Vendedora de bolos é morta pela PM na frente do filho de 6 anos
Caso enrolado

703
0

A Polícia Militar de Goiás está sendo questionada pela família da confeiteira Fabiana Matos Rodrigues, de 23 anos, morta a tiros dentro do carro na quinta-feira, na frente do filho de 6 anos e da prima de 16. Ela saiu de casa para entregar um pote de bolo. A PM aelga que foi recebida a tiros pela jovem que não tinha antecedentes criminais, e que apenas revidou. Os policiais também afirmam que encontraram maconha e um revólver no carro.

A mãe da jovem disse ao G1 que a criança está em choque na casa da avó paterna. A Polícia Militar informou que “as circunstâncias do fato, bem como as versões apresentadas no Boletim de Ocorrência, serão apuradas por meio de inquérito policial militar através da Corregedoria da PMGO”.

Márcia Elisabete Matos, 42, disse que nunca ouviu falar que a filha tinha arma. Apenas fazia bolos para vender. “Uma tragédia dessa não tem nem o que dizer. A família está despedaçada. O menino está em choque na casa da avó paterna. Ele não está bem. Se ela estivesse fazendo coisa errada, que prendessem, mas não matassem. Não tem advogado que tira ela do cemitério agora”, desabafa Márcia.

Fabiana levava o filho em todas as entregas.  A família quer a verdade. “A gente quer saber o que realmente aconteceu. O fato que a PM relatou, a gente não vê fundamento. Não acho que ela estava mexendo com drogas e arma. Ela era muito esforçada e fazia a própria renda”, comentou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui