Início País Prefeito de SP proíbe volta às aulas: “Escola não segura nem piolho,...

Prefeito de SP proíbe volta às aulas: “Escola não segura nem piolho, imagina coronavírus”
Covas jogou a real

188
0

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, disse neste fim de semana que não tem pressa nem dia para volta às aulas na capital paulista. Ao contrário de Manaus, onde o governo do Estado mandou voltar na segunda, ele diz que não há garantia para isso em sampa. “Seja ela em outubro, novembro ou dezembro, ou no ano que vem. Até hoje, as escolas não conseguiram conter o piolho, como você vai conseguir segurar o vírus do coronavírus?”, questionou Covas.

Covas proibiu a volta das escolas particulares também. “Não tem como a gente ampliar ainda mais a desigualdade do filho daquele que tem condições de pagar uma escola privada com o filho que não tem condições de pagar uma escola privada. Então, aqui não vai ter a data que volte o Dante Alighieri, o Santa Cruz e o Bandeirantes e a data que voltem as escolas estaduais”, afirmou.

Em Manaus, a rede municipal segue fechada. “Enquanto a gente não tiver total tranquilidade de que é o momento apropriado, não é a pressão do grupo A, não é o interesse do grupo B que vai definir a data de retorno às aulas”, disse o prefeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui