O orçamento federal para 2020 está em discussão no Congresso e, como de costume, a Receita Federal enviou demonstrativos dos gastos tributários para embasar os parlamentares. De um total de R$ 331,18 bi estimados pelo órgão em renúncias para o próximo ano, a Zona Franca de Manaus e as Áreas de Livre Comércio respondem, juntas, por apenas 8,64%.

Em tempos onde se discute a relevância da Zona Franca para o Amazonas e para o Brasil, fica cada dia mais claro que somados a geração de emprego, renda e preservação da Amazônia, a existência e manutenção da Zona Franca é inquestionável.

Artigo anteriorMulher é presa por latrocínio ocorrido em 2016 no bairro Santa Etelvina
Próximo artigoViagem de Bolsonaro a Nova York depende dos médicos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui